rede-rs-cidade-2024-plataforma-brasil-inovador-rio-grande-sul-ceo-sos-plano-reconstrucao-retomada-economica-doacoes-governo-gabriel-souza-ocergs-cooperativa
rede-rs-cidade-2024-plataforma-brasil-inovador-rio-grande-sul-ceo-sos-plano-reconstrucao-retomada-economica-doacoes-governo-gabriel-souza-fenavinho-expobento-bento-goncalves
rede-rs-cidade-2024-plataforma-brasil-inovador-rio-grande-sul-ceo-sos-plano-reconstrucao-retomada-economica-doacoes-governo-gabriel-souza-fenadoce-pelotas-feira

Base Aérea de Canoas recebe voos comerciais

Base Aérea de Canoas recebe voos comerciais

Base Aérea de Canoas recebe voos comerciais a partir de quarta-feira

Companhias já iniciaram venda de passagens

A Base Aérea de Canoas, administrada pela Força Aérea Brasileira (FAB), funcionará como aeroporto e receberá 35 voos semanais, a partir de quarta-feira (22). A medida emergencial servirá como alternativa ao Aeroporto Internacional Salgado Filho em Porto Alegre (RS), que está fechado por tempo indeterminado desde 6 de maio, após ter as instalações térreas e a pista de pouso e decolagem alagadas com a cheia do Guaíba. De acordo com o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, e o ministro da Secretaria Extraordinária da Presidência da República para Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, as companhias aéreas podem iniciar a venda de bilhetes a partir desta terça-feira (21).

“Na quarta-feira, a Base Aérea de Canoas está disponível para receber voos comerciais. Amanhã, as companhias aéreas vão iniciar as vendas de bilhetes para, a partir daí, começar os voos que, naturalmente, dependem da demanda que as [companhias] aéreas vão começar a receber.” Com este anúncio, a malha emergencial terá 134 voos para o acesso ao Rio Grande do Sul por semana, A primeira fase do plano de aviação foi anunciada com 116 voos comerciais semanais. “Com mais 6 mil [passageiros] que nós teremos em Canoas, vamos ter condições de atender, no primeiro momento, a 30 mil passageiros por semana”, estima o ministro da Secretaria Extraordinária, Paulo Pimenta.

De acordo com a CNN Brasil, os voos comerciais para a Base Aérea de Canoas começam na próxima segunda-feira (27). Nessa data, a Latam inicia os voos entre São Paulo e a cidade da região metropolitana. Como o embarque será em um shopping center, o passageiro terá de chegar até três horas antes do horário do voo para o check in. A Azul também voará entre as duas cidades, com início em 1º de junho. Nesse caso, Campinas será a origem do voo. A Gol também terá voos para Canoas, mas ainda não anunciou a data de início. Em entrevista na segunda-feira ao programa Roda Vida, da TVE, o governador Eduardo Leite informou que a Base Aérea de Canoas poderá passar a ter 12 voos diários dentro de algum tempo. Na mesma ocasião, Leite anunciou que o Aeroporto Internacional Salgado Filho somente voltará a operar dentro de cinco meses a partir da verificação das necessidades estruturais do terminal.

Voos emergenciais
Os aviões decolarão e pousarão em sete aeroportos de pequeno e médio porte no Rio Grande do Sul e mais dois em Santa Catarina. Veja a malha aérea emergencial a seguir.

Rio Grande do Sul

Aeroporto de Caxias do Sul: 39 voos semanais;

Aeroporto de Santo Ângelo: 6 voos semanais;

Aeroporto de Passo Fundo: 21 voos semanais;

Aeroporto de Pelotas: 6 voos semanais;

Aeroporto de Santa Maria: 3 voos semanais;

Aeroporto de Uruguaiana: 3 voos semanais;

Base Aérea de Canoas: 35 voos semanais.

Santa Catarina

Aeroporto de Florianópolis: 14 voos semanais;
Aeroporto de Jaguaruna: 7 voos semanais.

Com ABR

https://amanha.com.br