rede-rs-cidade-2024-plataforma-brasil-inovador-rio-grande-sul-ceo-sos-plano-reconstrucao-retomada-economica-doacoes-governo-gabriel-souza-ocergs-cooperativa
rede-rs-cidade-2024-plataforma-brasil-inovador-rio-grande-sul-ceo-sos-plano-reconstrucao-retomada-economica-doacoes-governo-gabriel-souza-fenavinho-expobento-bento-goncalves
rede-rs-cidade-2024-plataforma-brasil-inovador-rio-grande-sul-ceo-sos-plano-reconstrucao-retomada-economica-doacoes-governo-gabriel-souza-fenadoce-pelotas-feira

Canoas: Hospital de campanha da FAB é aberto junto ao Hospital Nossa Senhora das Graças

Canoas: Hospital de campanha da FAB é aberto junto ao Hospital Nossa Senhora das Graças

Hospital de campanha da FAB é aberto junto ao Hospital Nossa Senhora das Graças

Moradores poderão fazer consultas, exames e procedimentos de baixa complexidade na unidade de saúde

Canoas ganhou o reforço de um hospital de campanha da Força Aérea Brasileira (FAB), instalado ao lado do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG), no bairro Marechal Rondon, para atender à população. A estrutura começou a funcionar na manhã deste sábado (11). Os atendimentos ocorrerão entre 8h e 18h, todos os dias. O HNSG seguirá absorvendo as demandas fora desse horário.

Os pacientes que chegam à instituição de saúde passam por uma triagem antes de receberem atendimento com os profissionais. “O hospital veio com um efetivo de 48 militares, e o objetivo é prestar assistência à população, principalmente, em casos de menor gravidade. Nós vamos trabalhar em parceria e disponibilizamos de médicos clínicos, ortopedista, pediatria, ginecologia, obstetrícia, psicólogo e psiquiatra”, explica o major da FAB João Luiz Henrique da Silveira.

A estrutura conta com leitos de estabilização, sala cirúrgica para procedimentos de baixa complexidade, 8 leitos de observação e medicação, raio x e laboratórios de análises clínicas.

De acordo com o superintendente do HNSG, Leandro Gomes dos Santos, o reforço é importante porque Canoas perdeu diversos equipamentos de saúde em razão das fortes chuvas que assolaram o município. “Foram perdidos 19 unidades básicas de saúde e o serviço do Hospital de Pronto Socorro (HPS), que é o grande hospital da emergência da cidade. Com isso, o Hospital Nossa Senhora das Graças recebeu todas as urgências e teve uma sobrecarga de serviços. O hospital de campanha vem para ajudar a desafogar essa nossa demanda”, explica.