rede-rs-cidade-2024-plataforma-brasil-inovador-rio-grande-sul-ceo-sos-plano-reconstrucao-retomada-economica-doacoes-governo-gabriel-souza-ocergs-cooperativa
rede-rs-cidade-2024-plataforma-brasil-inovador-rio-grande-sul-ceo-sos-plano-reconstrucao-retomada-economica-doacoes-governo-gabriel-souza-fenavinho-expobento-bento-goncalves
rede-rs-cidade-2024-plataforma-brasil-inovador-rio-grande-sul-ceo-sos-plano-reconstrucao-retomada-economica-doacoes-governo-gabriel-souza-fenadoce-pelotas-feira

Terceiro avião com doações da ONG americana SamaritansPurse para vítimas das enchentes chega à Base Aérea de Canoas

Terceiro avião com doações da ONG americana SamaritansPurse para vítimas das enchentes chega à Base Aérea de Canoas

Terceiro avião com doações da ONG americana SamaritansPurse para vítimas das enchentes chega à Base Aérea de Canoas

Uma quarta leva de doações chega nesta sexta-feira (17) dos Estados Unidos. Desde domingo, três aeronaves com itens como purificadores de água, kits de higiene e cobertores já vieram dos EUA para o Brasil. Ação tem apoio da Agência Brasileira de Cooperações (ABC) do MRE

Mais um avião cargueiro com doações da organização não governamental (ONG) americana SamaritansPurse chegou nesta quinta-feira, 16 de maio, à Base Aérea de Canoas (RS), abastecida com doações para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Itens como purificadores de água individuais, cobertores, kits de higiene, entre outros, estão entre as doações. Uma quarta aeronave com doações deve chegar na sexta-feira (17), em Canoas.

Além dos kits de filtragem individuais, a ONG está enviando dez kits comunitários com capacidade de fornecimento de água limpa para até 10 mil pessoas, diariamente. A SamatiransPurse é uma organização de assistência internacional que opera desde 1930.

As doações são um exemplo da onda de solidariedade nacional e internacional que se formou em torno do Rio Grande do Sul desde que o estado foi atingido por chuvas torrenciais, a partir do final de abril, que causaram enchentes em patamar sem precedentes, afetando 2,2 milhões de pessoas no estado e deixando 540 mil pessoas desalojadas. Atualmente, 77.199 pessoas estão em abrigos, além de 151 óbitos confirmados.

O transporte de donativos vindos do exterior envolve esforço logístico que reúne instituições públicas, privadas e da sociedade civil dos países doadores; a própria Agência Brasileira de Cooperações (ABC) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE), com a rede de embaixadas e consulados do Brasil pelo mundo; além da Receita Federal, Ministério da Defesa, Ministério de Portos e Aeroportos, Polícia Federal e Polícia Civil.